Conhecendo | Cór Gastronomia

Photo Aug 06, 5 05 22 PM
comer

Aproveitei o frio e o fim de semana em São Paulo para conhecer o já não tão novo Cór, que abriu em Março desse ano e tem o fogo como elemento principal da sua cozinha.

 

Uma bela churrasqueira recebe os clientes que entram na demasiada imponente fachada do restaurante no Alto de Pinheiros que tem Thais Alves (ex-Maní) a frente da cozinha e uma mão do famoso açougueiro peruano Renzo Garibaldi, proprietário do restaurante OSSO em Lima que veio ao Brasil fazer consultoria para o restaurante e dar alguns pitacos por ai.

O espaço fica em frente uma bela praça recheada de árvores e conta com uma espaçosa área externa que serve tanto para a espera como para o almoço ou jantar. Após passar pela bancada da hostess que recebe todos os clientes e chegar ao interior do restaurante, você será recebido pela cozinha aberta com a bela churrasqueira que mencionei acima que dão calor ao ambiente claramente assinado por um arquiteto com um inesquecível sofá em pelúcia e a enorme adega recheada de milhares de rótulos estocados.

 

No menu, muita coisa boa e sem muita mistura de ingredientes. A ideia por lá é simples: trabalhar poucos e bons elementos.

Para começar a Pupunha com Cogumelos foi devorada ao chegar. O Ceviche Quente foi uma supressa muita boa. O peixe chega frio em uma cumbuca de pedra sabão pré-aquecida e é adicionado na mesa, aos olhos do freguês, o molho quente e muito equilibrado para bater com o coentro e a pimenta dedo de moça. O Polvo chegou macio e bem temperado com uma delicada salada de erva doce e maça verde. O Tartar passou despercebido em meio a tanto sabor e para finalizar, as duas caras e ótimas carnes: T-Bone e Prime Rib que vieram no ponto exato, ponto da casa. Para acompanhar o surpreendente Repolho na grelha com molho de ostras e pasta de castanha do Pará. Os legumes são bons, mas assim como o Tartar, passaram despercebidos em meio a tanto sabor.

A sobremesa não teve tanto destaque. Peça um café coado da fazenda Don Viçoso para finalizar.

 

 

Serviço:

Cór Gastronomia

Praça São Marcos, 825, Alto de Pinheiros

Tel: 11 3726-2908

corgastronomia.com.br

 

 

 

Ainda em tempo, há poucas semanas Renzo Garibaldi foi à Cozinha 212 com uma turma de amigos que gosto muito. Confesso que não o conhecia mas havia escutado algumas pessoas do meio falando sobre seu nome e sua vinda em março para a abertura do Cór. Muito menos sabia de seus prêmios, seu restaurante, seu ofício enquanto açougueiro, dry age, número X do mundo e suas inúmeras consultorias Peru a fora. Ao chegar ao 212 fui apresentado a Renzo. Sem fazer ideia de quem era aquele cara grande de boné e barba, puxei um papo em espanhol quando ele disse que era peruano. Gosto muito de ser simpático com estrangeiros, afinal é muito legal ser acolhido por locais em qualquer lugar do mundo. Com essa premissa, fui simpático com o cara que eu não fazia ideia de quem era e disse que deveria voltar para conhecer a casa, visto que já passava da meia noite e a cozinha já havia encerrado. De poucas palavras, disse “ok” e foi ao bar pedir seu drinque. Enquanto esperava o preparo, foi até a cozinha aberta de onde saem os grelhados, onde os ótimos Ricardo e Zé finalizavam o serviço, e resmungou dizendo ser precário.

 

Uma coisa é certa: trabalhar com infraestrutura dos outros é muito fácil.

Verdade a ser dita, prefiro ser “precário” de um todo a ser “estruturado” de uma parcela.

Photo Aug 06, 4 49 10 PM
Photo Aug 06, 4 49 19 PM
Photo Aug 06, 4 50 34 PM
Photo Aug 06, 5 05 22 PM
Photo Aug 06, 5 03 18 PM
Photo Aug 06, 5 08 41 PM
Photo Aug 06, 4 55 33 PM
Photo Aug 06, 5 09 26 PM
Photo Aug 06, 5 38 24 PM
Photo Aug 06, 5 39 21 PM
Photo Aug 06, 5 38 39 PM
Photo Aug 06, 6 04 22 PM

insideinside get

Veja também: