#TourDeAxe / Pinheiros

-21072016_DSF1431
pass

Ao longo dos últimos anos vocês acompanharam por aqui a minha relação de carinho com AXE junto à diversas ações, além do VIC&CO. Post, que volto a dizer, foi essa turma que primeiro levantou a bandeira e disse “sim” ao meu projeto de volta às origens do digital para o papel.

 

Ainda aqui no digital, vocês acompanharam diversos guias que fiz de Madrid, Nova Iorque, Rio de Janeiro e Berlin, e alguns outros posts mostrando o quanto a marca está inserida nesse universo aqui no Brasil.

Finalmente hoje, apresento um guia de Pinheiros aqui em São Paulo, com algumas dicas do que fazer em um só dia, batendo perna entre pouco mais de 4 quarteirões.

 

Uma coisa é certa pra mim: Hoje, Pinheiros é o bairro mais legal aqui em São Paulo.

Não há uma explicação concreta, mas com certeza isso se da pela soma dos moradores com os estabelecimentos que lá estão e claro, com a turma que se desloca de suas casas para curtir essa vida urbana, humana e legal que nenhum outro bairro tem por aqui.

 

Primeiro vamos falar dos moradores: sempre digo que a grande diferença que deixa claro essa coisa mais humana presente no bairro em comparação aos Jardins (o Itaim, nem se fala) é o fato de que em Pinheiros, são os donos de sues cachorros que andam com seus dogs, enquanto no bairro vizinho, a prática de dog walker é vista em cada esquina. Dá para entender?

 

 

Falando dos estabelecimentos, hoje, com a Cozinha 212, meu restaurante que “comemora” 3 meses essa semana, vejo perfeitamente como a coisa funciona.

A prática da boa vizinhança é o mais legal. Lojas, restaurantes, chaveiros ou qualquer outro ponto comercial se conhecem entre si, inclusive a turma que trabalha em Vallet. E quando não, você informa que é “da área” e a pessoa já mostra uma solidariedade e um carinho no olhar. Brinco chamando isso de “Pinheiros Power”. Isso serve também para estabelecimentos estranhos que as vezes tentam se aventurar por lá e logo são vistos com estranhamento pela turma do bairro.

 

Entre inúmeras razões que possam tornar Pinheiros o bairro mais legal em São Paulo, essa é uma forma que enxergo com respeito e claro, é o que mantém a união por manter um bairro mais bonito, limpo, organizado, com pessoas educadas, … Pinheiros é assim!

 

O #TourdeAxe tem a ideia de ser um guia fácil e do que fazer em um dia, ou também com # no instagram, onde você pode encontrar os lugares e  buscar pela locação ou mais fotos do lugar.

@axe.BR

 

10:00am

KOF / King of The Fork

Uma cafeteria na movimentada Artur de Azevedo que tem uma pegada de ciclismo, mas que me lembra bastante a pegada do Brooklyn em Nova Iorque.

Por lá servidos ótimos cookies de chocolate, pão de queijo quentinho de queijo da serra da canastra, bons métodos de coar café e algumas outras coisas boas para comer no café da manhã.

Devido à pegada do ciclismo, lá você também pode comprar alguns acessórios extras para a sua bike.

kingofthefork.com.br

11:00am

Diária

Ao lado da KOF, aa loja/galeria com uma curadoria alinhada, repleta de produtos que permeiam por um lifestyle mais fresh, da praia, do mar, com livros selecionados, roupas de marcas independentes e belos objetos para casa.

Um curadoria bem feita pelos próprios donos, Raffaelle Di Giuda e Raphael Dias. Inclusive fui muito bem recebido por lá pelos dois que ao que me pareceu, estão lá diariamente.

casa.diaria.co

12:00pm

Liberty Art Brothers

A loja dos irmãos Rafael e Alexandre Lazinni carrega no DNA uma herança americana e a pegada do workwear do início do século. Por lá, além das joias feitas a mão, vale ficar de olho em algumas jaquetas vintage, outras em jeans cru idealizado pelos caras, capacetes de colaborações e muito trabalho em couro com aviamentos trazidos dos Estados Unidos, que sim, fazem a diferença quando comparados aos que achamos por aqui no Brasil.

Lá, é um dos lugares que você encontra o VIC&CO. Post.

lab-store.com

01:00pm

Cutterman & Co

Uma marca que nasceu em Curitiba e há poucos meses abriu a sua primeira loja aqui em São Paulo.

Por aqui você também vai encontrar trabalhos bem alinhados e com essa pegada craft/workwear como mochilas em lona, capa de óculos, cintos, carteiras, organizadores, bancos em parceria com a Desmobilia (loja de móveis que está na mesma rua e vale a visita), tudo com detalhes em couro e com a bandeira do “feito a mão”.

Lá você também encontra o VIC&CO. Post.

cutterman.co

02:00pm

KØD Steaks &Parrilla

O que nasceu na cozinha como Burger, hoje serve carnes de primeira, trabalhando com cortes de Red Angus e Britânico.

Outra casa com a cultura da lenha e do fogo, o Kød tem uma parrilheira bem grande nos fundos que me lembrou muito a do Chou, outro restaurante entre os meus preferidos em SP, em Pinheiros também.

 

O muffin de entrada é gostosinho e vale pedir o chá da casa. O Prime Rib que serve duas pessoas vale muito a pena, junto com a salada de batatas defumadas ou o purê de mandioquinha que tem Manchego, Canastra e tomilho na mistura.

Como a casa nasceu com fazendo Burger, depois de tudo isso ainda mandei o Costanza que vem com uma gema de ovo curada, Cheddar, torresmo e cebola. Confesso que não achei lá grandes coisas, ainda mais quando comparamos aos dois vizinhos de peso como Z Deli e Meats, algumas esquinas dali.

Não se anime com a sobremesa chamada Negroni. Três espécies de profiterolis bem feitos com uma mistura de chocolate, onde cada um tem algum dos ingredientes para o preparo do drinque: campari, vermouth e gin.

O chocolate é forte e todos parecem iguais.

04:00

Frida & Mina
Se assim como eu, você não viu grande coisa na sobremesa do almoço, essa é a melhor saída.

A sorveteria artesanal na esquina na Arthur de Azevedo com a Joaquim Antunes trabalha com ingredientes orgânicos, obtidos de pequenos produtores e o resultado final e visto nas enormes filas que são formadas aos finais de semana. A casquinha também é feita na casa e mantém a ideia do home made com muito mais sabor e verdade no discurso.

fridaemina.com.br

04:30pm

Livo Eyewear

Se tem uma marca que cada vez mais ganha destaque no Brasil, é a Livo. Os sócios Arthur, Rapha e Guilherme são um ótimo exemplo do “Pinheiros Power” que mencionei acima. Os caras estão todos dias na loja que vende um dos óculos mais legais que você pode encontrar nesse Brasil.
Além do belo desenho e produto, a marca tem um conceito muito bem alinhado que vai além do visual e chega às calçadas. O já inconfundível cheiro está até nas caixas dos óculos.

Indo além, e falando do que mantém Pinheiros assim, esses caras têm alguns projetos sociais que incentivam a doação de livros para instituições, além dos preços justos praticados em armações que carregam acetato italiano e manufatura brasileira.

livo.com.br

05:00

A Lá Garçonne

Recentemente vocês leram aqui que a dupla querida Alexandre Herschcovitch e Fabio Souza, lançou a linha de roupas da já conhecida A Lá Garçonne. A loja que até então só trabalhava com móveis com essa linha vintage que tanto admiramos por aqui, hoje foi além.

As roupas da nova coleção que estão nas araras em meio aos objetos antigos da loja, fazem um misto de peças vintage com peças novas, mas tudo sob uma única direção.

Não podemos chamar de brechó, por que em lojas desse tipo, há de tudo. Nas mãos de Alexandre e Fabio, tudo é pensado de forma que tudo tenha uma mesma linearidade. A coleção segue uma linha clássica masculina misturado ao workwear, com peças que por serem vintage, podem ser únicas.

alagarconne.com.br

06:00

Acierno

A loja de móveis fica ao lado da A Lá Garçonne e aproveite a ida por lá para fazer a dobradinha.

O grande lance da Acierno é ser a primeira marca ítalo-brasileira de móveis de design fabricados sustentavelmente no Brasil. Legal né?

O discurso presente no site dos caras diz muito sobre a tal da ideia Pinheiros Power que já falamos por aqui: “Uma empresa brasileira, bem brasileira. Tudo o que podemos, fabricamos aqui: com matérias-primas e mão de obra local, porque preferimos criar empregos e poluir menos. Mas também uma empresa muito italiana, fundada na Sicília em 1965. E que trabalha com os melhores arquitetos, designers e trend setters do mundo inteiro: então somos também um pouquinho austríacos, franceses, ingleses, alemães, espanhóis, americanos, dinamarqueses…”

acierno.com.br

 

Foto: Reprodução

07:30

Cozinha 212

Tudo começou como um sonho meu junto com Stefan Weitbrecht, que nos últimos 10 anos viemos fazendo a mesma pergunta de forma despretensiosa: E ai, quando vamos abrir o nosso cantinho?
Eis que depois de todo esse tempo, muita dedicação e muitas horas cozinhando, seja em SP, seja na praia, inauguramos a Cozinha 212 em plena rua dos Pinheiros.
Por lá, mantemos a ideia de uma comida simples e bem feita. Vocês me acompanharam no último ano, todas as idas à praia, à Ilha Bela, e a evolução da cultura da lenha e do fogo. É claro que ela está presente, e de lá saem os lagostins frescos, os legumes, as carnes e o nosso Polvo com Aioli. Tudo na lenha!

cozinha212.com.br


insideinside get

Veja também: