Cultura Indígena

prat

Vocês acompanharam por aqui e pelo meu instagram os meus encontros com os índios da etnia Kuikuro do Mato Grosso na Toca da Raposa. No post falei de quão perto estávamos da cultura indígena dos Kuikuros e como eles vêm até São Paulo.

Eles se foram para o Parque Nacional do Xingu, hoje chamado de Parque Nacional do Índio e somente estarão de volta no próximo ano para mais uma vez ocupar a Toca da Raposa próximo ao Dia do Índio, 19 de Abril. Mas enquanto isso não acontece, mostro aqui dois programas legais que vocês podem fazer de casa e para quem estiver em São Paulo:

Ainda não havia assistido ao filme Xingu de Cau Hamburger e Fernando Meireles e depois que tive o primeiro contato com os índios e sua cultura, foi a primeira coisa que assisti quando voltei para o sofá da minha casa. O filme está disponível na Apple TV e vale muito a pena ver de perto essa história tão interessante que foi a dos irmãos Villas Bôas.

O filme conta a sede de aventura dos irmãos Brasil a dentro na expedição Roncador Xingu para demarcar e ocupar áreas ainda quase inexploradas. As cenas mostram o primeiro encontro da expedição com índios ainda muito virgens às margens do Rio Xingu, a relação dos irmãos com o governo da época e como eles passam rapidamente do lado político para o lado dos índios com o intuito de dar suporte e proteger esse povo de cultura e tradição tão ricas. Eis a ideia da criação do Parque Nacional como uma reserva só para os índios e todo os acontecimentos que rolaram até a decisão e aprovação de Jânio Quadros em 1961.

Vale a pena assistir para entender a fascinante história dos irmãos, entender melhor também esse assunto que muitas vezes é deixado de lado e claro, o contexto político da época. A fotografia é bonita, os cenários do Brasil a dentro muito bem explorado por Cau Hamburger e Fernando Meireles, e também como foram mostrados os índios com vestimentas tradicionais, reproduzindo como foi no primeiro encontro com os irmãos Villas Bôas, Claudio, Orlando e Leonardo

Clica AQUI para assistir ao Trailer que mostra perfeitamente a essência do filme.

__________________________________________________________________

Outro programa legal que vale a pena ver de perto é a exposição Orlando Villas Bôas – 100 anos, que está rolando no Mackenzie. A expo mostra através de objetos e fotos de acervo pessoal da família, cenas do cotidiano e a trajetória dos irmãos até a criação do Parque Nacional do Xingu. É bem pequena, mas se gosta do assunto, nunca é demais.
Ainda na Toca da Raposa, como contei aqui, tive o prazer de conhecer Marina Villas Bôas, viúva de Orlando (e interpretada por Maria Flor no filme Xingu). No bate papo, ela me contou que a expo vai ganhar livro e que quando abriu as portas no dia 22 de Abril, houveram muitas palestras e encontros que infelizmente não tive o prazer de participar.

Serviço:
QUANDO:
De 23 de Abril a 30 de Maio
HORAS:
Segunda a sexta: 10h às 20h
Sábado: 10h às 16h
ONDE:
Centro Histórico e Cultural Mackenzie
Rua Maria Antônia, 358, Higienópolis

Mais infos AQUI.

Se pudesse voltar no tempo, com certeza estaria na expedição Roncador Xingu.

Imagens : Reprodução


insideinside get

Veja também: